Pensaste tu que foste especial?

Pensaste tu que foste especial?
Talvez tenhas sido, por algum tempo;
entende que assim é meu sentimento:
um encanto frágil como um cristal.

Não acredites que sou um igual,
eu sou uma força, qual fogo ou vento;
homens têm com teu corpo um contento,
não me satisfaz algo tão banal.

Eu tenho tua alma, teu coração,
eu não caibo aqui, não sou um dos teus,
aceito não menos que devoção.

Qualquer falta tua trará um adeus
e não mudará a tua condição:
eu não sou teu homem, eu sou teu deus.

Um comentário em “Pensaste tu que foste especial?

  1. Pingback: Sob o signo de Pã

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s