Caos é só a ordem que ainda não compreendemos

Caos é só a ordem que ainda não compreendemos. A ideia me pareceu tão óbvia que logo pensei que provavelmente alguém já a teria dito. Fui pesquisar. “O caos é uma ordem por decifrar”, José Saramago. Pelo menos estou em boa companhia. É um bom sinal, creio.

Mas o mais estranho foi depois descobrir de onde veio a frase: no livro O Homem Duplicado ela é citada como sendo do inexistente Livro dos Contrários. Pois esse era justamente o nome que eu havia pensado em dar ao conjunto de textos meus sobre como percebo os contrários serem, na verdade, apenas aspectos complementares de um todo maior: vida-morte, caos-ordem etc.

Resto de alguma memória que eu tinha ou pura coincidência?


Enfim, acho que as ideias estão aí independente dos homens que vão tê-las. Elas já existem, sempre existiram e sempre existirão, ninguém cria uma ideia, apenas a colhe do grande infinito de ideias disponíveis.